Páginas

domingo, 4 de abril de 2010


Ressurreto

(Silvestre Kuhlmann e Gladir Cabral)

A doença surgiu;
Mas não perco a esperança:
Cristo ressurgiu!

O amigo faltou;
Não me sinto sozinho:
Cristo ressuscitou!

O que importa
É que a pedra
Que era porta
Foi removida
E agora há vida!

Minha triste feição
Se transforma risonha:
Ressurreição!

Sem teto e sem chão
Eu me sinto acolhido
Ressurreição

O que importa
É que a pedra
Que era porta
Foi removida
E agora há vida!

Contra todo o poder,
Contra a força da morte,
Cristo ressuscitou

Clareou a manhã
E o destino da Terra:
Ressurreição!

Via: Poemas
Postar um comentário
Related Posts with Thumbnails
Share |