Páginas

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Fragmentos de mim







Sou assim, muitas vezes fragmentos de mim... 
Mas em todos sou Luz, a luz que vem do justo Sol. 
Não me importo em ser piegas, sou menina e sou mulher... 
Que pensa ser indefesa... Sou é forte! 


Incurável romantismo tenho em mim, 
Sonhadora eu sou... num imenso misto de  emoções, mistérios e fantasias... 
Sou amante da poesia, borboletas, céu, estrelas, olhar o mar, pôr do sol, 
brisa de outono, e cheiro de chuva... 


Sou o sossego que desasossega quem não compreende... 
Sou profunda na oriunda subversão para o bem,  
Sou difusa na profusa calmaria em meio às tempestades, 
As vezes sou barco à deriva, 


E, meu olhar ao léu é contemplativo da beleza da criação, 
olho tudo, vejo tudo, sinto tudo... 
Tento ser mais gente e passei a andar só com gente ... 
Sou intensa sim, mas, não vivi nada ainda, 


Sou uma rara Flor em pleno sertão, caminhando na contramão... 
E, com graça vou resistindo às adversidades, 
E, nas pétalas do meu coração contém orvalho de amor, paz e bondade. 
Nestes fragmentos de Luz re-começo, Não serei mais a flor, Agora sou Beija-flor.
(Fragmentos de mim - Lucilene Soares dez/09)
Postar um comentário
Related Posts with Thumbnails
Share |