Páginas

domingo, 29 de novembro de 2009




Amor sem nexo.
Ricardo Gondim


Amar é ônus.
Quem ama sofre;
todo amor derrama lágrima. 


Amar é tensão.
Quem ama conhece limite;
todo amor exige renúncia.


Amar é desordem.
Quem ama dá liberdade;
 todo amor permite opção.


Amar é ruptura.
Quem ama rompe;
todo amor afasta afeto concorrente.


Amar é convivência.
Quem ama pede companhia;
todo amor busca calor de pele.


Amar é reverência.
Quem ama admira;
todo amor enaltece apaixonadamente.

4 comentários:

Haja Hope disse...

O amor é isto...

Ele escreve com a alma...

Perfeito.

Jean Francesco disse...

Olá!
muito legal o seu blog!
Curto muito poesia...

Beijo,

Jean

Maldito disse...

não gosto muito de poesia,..mas essa é curtinha, gostosa de ler,..rs, gostei

Ivan César da S Barboza disse...

Graça e Paz, gostei do seu blog, apesar de não ter muito contato com poesias, gostei dessa, voltarei mais veses, Parabéns, quando der, visite meu blog:
http://ivancesarbarboza.blogspot.com/
http://construetra.blogspot.com/

Related Posts with Thumbnails
Share |