Páginas

sábado, 5 de junho de 2010

O tempo passa? Não passa...


O tempo passa? Não passa
no abismo do coração.
Lá dentro, perdura a graça
do amor, florindo em canção.

O tempo nos aproxima
cada vez mais, nos reduz
a um só verso e uma rima
de mãos e olhos, na luz.

Não há tempo consumido
nem tempo a economizar.
O tempo é todo vestido
de amor e tempo de amar.

O meu tempo e o teu, amada,
transcendem qualquer medida.
Além do amor, não há nada,
amar é o sumo da vida.

São mitos de calendário
tanto o ontem como o agora,
e o teu aniversário
é um nascer a toda hora.

E nosso amor, que brotou
do tempo, não tem idade,
pois só quem ama escutou
o apelo da eternidade.
-.Carlos Drummond de Andrade.-

5 comentários:

Priscilla disse...

Que lindo...CDA é o cara!!
=)
Romantismo puro!

bju

Jakeline Magna disse...

Olha deixei um selinho para vc em meu blog http://selinhosjakelinemagna.blogspot.com/ se quiser pode ir pegar...
beijão é um excelente domingo.

Lucilene Soares disse...

:) Também amo Pri!
Estou lendo uma Antologia poética dele... é demais♥!


Beijossssss ;*

Lucilene Soares disse...

:) Jake minha querida, muito obrigada!

Vou lá pegar =)

Beijãoooo ;*

Tenha uma maravilhosa semana!

Otelice Soares disse...

LIndo, menina.Parabéns pela escolha.Drummond é sempre assim... um pouco de cada um de nós.
Obrigada por compartilhar.
Bjs no coração.

Related Posts with Thumbnails
Share |