Páginas

terça-feira, 20 de abril de 2010

Ausência


drummond2.jpg (12648 bytes)
Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.

.-Carlos Drummond de Andrade

2 comentários:

Priscilla disse...

Esse estado ausencia é uma das coisas mais tristes que há.
Mas as vezes se faz necessário.

bju

Lucilene Soares disse...

:) Sim, você disse tudo e resumiu bem... 'as vezes se faz necessário'.

Um beijão.

Related Posts with Thumbnails
Share |