Páginas

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Me pego sonhando



Me pego sonhando


Fico no vazio sonhando

como seria escrever
num mundo sem carros
sem as cinzas
que me afogam os ares
que anuviam a mente
e tiram a beleza da poesia.

Fico me imaginando distante
bem distante na história
quando não havia asfalto
nem a translouca hora
tudo era mais lento
tudo era mais simples
mais do que é agora.

Sonho com o passado
mesmo que não seja
do jeito que sonho
mas é o refúgio que tenho
dos tormentos que me afloram
não deixam ser o meu presente
e roubam meu dias de outrora.

Fico no vazio sonhando
me imaginando distante
sonhando com o passado
bem distante na história
do jeito que sonho
não sei onde vou parar
com minha vida de agora.

(Thiago Azevedo)

Postar um comentário
Related Posts with Thumbnails
Share |